Lanches rápidos no dia-a-dia

A maioria das pessoas já sabe que uma alimentação adequada e equilibrada é fundamental para uma vida saudável. Então, por que essas pessoas não seguem essa alimentação?

A correria do dia a dia é um dos principais fatores que impedem o consumo de uma alimentação adequada, e dependendo do dia, às vezes, falta até tempo para tomar água. Optar por lanches calóricos e gordurosos é muito mais prático.

frutas-vermelhas_smoothies

Ficar horas e horas trabalhando sem consumir nenhum tipo de alimento é algo que acontece muito. Fazer várias refeições, ao longo do dia, não é apenas conversa de nutricionista. Seja para emagrecer, ganhar massa magra ou melhorar a performance, é fundamental que o indivíduo não fique mais que 3 horas sem se alimentar.

Tudo na vida é uma questão de prioridades e alimentação deve ser sempre uma prioridade máxima na vida de todo atleta.

Para ajudar o triatleta que trabalha o dia inteiro, preparamos algumas dicas para facilitar o seu dia a dia:

  • Programe-se e prepare a sua alimentação na noite anterior. Assim você não precisa acordar mais cedo ou se atrasar para preparar seus lanches antes de ir trabalhar.
  • Dependendo da sua estrutura no trabalho, uma boa dica é comprar um isopor ou um recipiente térmico, para manter seus lanches frescos e não se preocupar com alimentos perecíveis como leite e derivados.
  • Observe os rótulos dos alimentos, por mais que o seu lanche venha em uma porção individual, é sempre bom cuidar da quantidade de gordura saturada e transgênica contida nos alimentos que consumimos.
  • Tenha em todos os lugares (carro, escritório, bolsa, armário da academia…) opções de lanches rápidos industrializados (barrinhas, biscoitos sem recheio, cereais, frutas secas…) para nunca falta alimentos nos horários devidos.
  • Se for preciso coloque despertador, para lembrar que é o seu horário de comer.
  • Pare tudo, nem que seja por 3 minutos, para um break. Não precisa mastigar 62 vezes o alimento, mas sinalize para seu cérebro que você esta fazendo uma refeição. Não adianta comer pensando e fazendo milhões de outras coisas, porque depois de 5 minutos você nem vai lembrar se comeu ou não.

Além das tradicionais barrinhas de cereais, hoje em dia, existem diversas opções de lanches rápidos no mercado. O importante é achar algo saudável e que você goste de comer, para não acabar sendo obrigado a fazer uma refeição. Alimenta-se tem que ser uma coisa boa e gostosa, além de nutritiva, é claro. É importante também a diversificação, pois não existe um alimento que sozinho forneça todos os nutrientes que você precisa.

Sugestões de produtos novos no mercado que podem ser consumidos durante os lanches, entre as refeições principais:

  • Smoothie da Queensberry®. 100% fruta e sem açúcar.
  • Pipoca zero da Jasmine® .
  • Snack de soja da Goodsoy®.
  • Cookie de baunilha com gotas de chocolates light da Taeq®
  • Frutas liofilizadas ou secas da Jasmine®
  • Biscoitos Belvita da Kraft foods®
  • Cookies de aveia da Quaker®
  • Barrinha de cereais com 15 % de frutas secas da Nestlé®
  • – Barra de cereal da Beauty Bar®
  • Banana Liofilizada Orgânica da Taeq®
  • Biscoitos eQlibri Cracker ®
  • Bolinho integral. Unidade individual da SuaviPan®
  • Barra de frutas secas da Levittá ®
  • Barra de gergelim e sementes da Levittá®
  • All Brain Biscuit sabor chocolate da Kellogg’s ®
  • Polenguinho Light+ fibras e cálcio da Polenghi®
  • – Mini philadelphia da kraft foods®
  • Cereal de banana com granola. Mãe Terra®
  • Barra de proteína VO2 da Integral Médica®
  • Iogurte Naturis Soja da Batavo®
  • Ades Original da Unilever@

Outras opções, além dos lanches prontos, são a seguintes:

– Preparar sanduíches

Ex: 2 fatias de pão integral

1 colher de sopa de queijo cottage

3 fatias de blanquet de peru

– Porções de legumes e verduras

Ex: -cenoura e pepino em tiras ou mix de legumes cozidos no vapor (vagem, brocolis, couve-flor, cenoura…)

– Salada de frutas

-*Mix de castanhas e óleoginosas (Castanha- de-Caju, Castanha-do-Pará, amêndoas, macadâmia, nozes…)

@Flickr

-*Mix de frutas secas (damascos, ameixa, uva, banana, abacaxi….)

-*Mix de cereais (aveia em flocos, farelo de aveia, quinoa, linhaça, granola, pó de casca de maracujá, chia….)

(*para esses Mix, a melhor opção é ir no Mercado Municipal e escolher várias opções diferentes)

Aproveitando o assunto, outra coisa que atrapalha muito a alimentação do atleta é o jantar pós treino. Chegar em casa cansado, tarde da noite e ainda ter que cozinhar é algo que ninguém deseja. Existem soluções práticas que podem facilitar o preparo e evitar que seja feito o consumo de alimentos práticos, mas que são indevidos nessa hora.

Mais algumas regras que podem ajudá-lo:

  • Separe um dia na semana para preparar suas refeições. Compre embalagens pequenas para separar porções individuais
  • Quando for ao mercado, peça para cortar o frango, carne ou peixe em porções individuais (entre 100 e 200 gramas), assim vc pode congelar e usar apenas o que for consumir.
  •  Tenha sempre na geladeira, carne moída (de preferência patinho), frango desfiado ou atum. É uma opção rápida, pois é só esquentar e você pode comer com qualquer acompanhamento (pão integral, arroz integral, salada, legumes…)
  •  A salada pode ser lavada e colocada na centrífuga (para saladas), assim a água sai e dura mais tempo na geladeira.
  •  Legumes cozidos no vapor também são ótimas opções. Pois é só esquentar. Use e abuse deles.

Nos dias que você optar por sanduíches, seja no jantar ou no almoço, é importante agregar vegetais no recheio ou complementar com uma salada. Inclua também frutas ou um suco de frutas para acompanhar. Varie o recheio, principalmente evitando embutidos gordurosos como presunto, salame, presunto de Parma, copa e mortadela. Prefira a linha de peru ou lombo.

Tente, em todas as refeições, balancear os nutrientes, ingerindo alimentos dos diferentes grupos alimentares: carboidratos (pães, cereais integrais, massas, arroz, etc.), proteínas (carnes, ovos, leite e derivados), vitaminas e minerais (hortaliças, verduras e frutas), fibras e água. Aquela história que um prato colorido é um prato saudável, é verdade!

A chave para a alimentação adequada é se programar. Deixar tudo preparado parar não ter desculpas e nem falta de tempo.

Fonte: MundoTRI

Comments

comments